ACORRENTADOS NO TEMPO


Nua…
Sob meus lábios entreabertos,
capturo o nosso momento.

São tantos, os meus pensamentos…
Ah…Quero parar esse tempo,
simplesmente, meu corpo, movendo.

Na sensualidade das lembranças…
Respirações entrecortadas,
e nossas paixões, acorrentadas.

Sim, eu posso parar a exata hora,
em que nossos corpos arqueavam-se,
inexoravelmente amando, ah…Amor catarse!

E se voce está aqui, dentro do meu olhar,
dentro desse meu momento,
então…Eu posso te sentir, sim… Sem te tocar.

Pois é tudo tão somente…Te desejar!

Susana Mendes

Deixe seu Recadinho Receba Nossas Atualizações Entre em Contato Envie esta Mensagem
Volta Home

 

 
análise web site

Desde 21/12/2001
vc é o visitante número

Créditos:

Art & Formatação by Silvia Lapa
Tutorial by Denise Worisch
Tube: Denise Worisch
Mensagem: Susana Mendes

PSPCYBER POESIAS


Formatado e Editado por
Silvia Leme Lapa
Proprietária deste site
Todos os direitos reservados©