William Shakespeare

Shakespeare (1564-1616) É considerado o mais importantes dramaturgo
e escritor de todos os tempos. Seus textos literários são verdadeiras
obras de arte e permaneceram vivas até os dias de hoje, onde são
retratadas freqüentemente pelo teatro, televisão, cinema e literatura.

 

A suspeita sempre persegue a consciência culpada; o ladrão vê em cada sombra um policial Conservar algo que possa recordar-te seria admitir
que eu pudesse esquecer-te.
Choramos ao nascer porque chegamos a este imenso
cenário de dementes.
Quantas vezes a simples visão de meios para fazer o mal / Faz com que o mal seja feito! É mais fácil obter o que se deseja com um sorriso do
que à ponta da espada.
Lamentar uma dor passada, no presente, / é criar
outra dor e sofrer novamente.
O mal da grandeza é quando ela separa a consciência do poder. O amor é como a criança: deseja tudo o que vê. Só os mendigos conseguem contar as suas riquezas.
Pois a coragem cresce com a ocasião. Sábio é o pai que conhece o seu próprio filho. O pensamento é escravo da vida, e a vida é o bobo do tempo.
Se fazer fosse tão fácil quanto saber o que seria bom fazer, as capelas seriam igrejas, e as choupanas dos pobres, palácios de príncipes. Não acredites nem nos que pedem emprestado, nem nos que emprestam; porque muitas vezes,
perde-se o dinheiro e o amigo...e o empréstimo.
A minha consciência tem milhares de vozes, / E cada voz traz-me milhares de histórias, / E de
cada história sou o vilão condenado.
Todas as graças da mente e do coração se escapam
quando o propósito não é firme.
Chorar sobre as desgraças passadas é a maneira
mais segura de atrair outras.
Para o trabalho que gostamos levantamo-nos cedo e fazemo-lo com alegria.
Em tempo de paz convém ao homem serenidade e humildade;
mas quando estoura a guerra deve agir como um tigre!
Considero o mundo por aquilo que ele é, Graciano: / Um palco em que cada um deve recitar um papel, / e o meu é um papel triste. Pelas roupas rasgadas mostram-se os vícios menores: / as vestes de cerimônia e as peles escondem todos eles.
O mal que os homens praticam sobrevive a eles; o bem quase sempre é sepultado com eles. Um fogo devora um outro fogo. Uma dor de angústia cura-se com outra. O que não dá prazer não dá proveito. Em resumo, senhor,
estude apenas o que lhe agradar.
Aquele que gosta de ser adulado é digno do adulador. Lutar pelo amor é bom, mas alcançá-lo sem luta é melhor. O rosto enganador deve ocultar o que o falso coração sabe.
Nossas dúvidas são traidoras e nos fazem perder o que, com freqüência, poderíamos ganhar, por simples medo de arriscar. A cólera é um cavalo fogoso; se lhe largamos o freio,
o seu ardor exagerado em breve a deixa esgotada.
É preferível suportar os males que temos do que voar
para aqueles que não conhecemos.
É um péssimo cozinheiro aquele que não pode lamber os próprios dedos. Quando fala o amor, a voz de todos os deuses deixa o céu embriagado de harmonia. Todo mundo é capaz de dominar uma dor, exceto
quem a sente.
Os homens de poucas palavras
são os melhores.
A paixão aumenta em função dos obstáculos que se lhe opõe. Os miseráveis não têm outro Remédio a não ser a esperança.
Esta consciência, que faz de
todos nós covardes.
Ser grande, é abraçar uma grande causa. O diabo pode citar as Escrituras
quando isso lhe convém.
Há mais coisas no céu e na terra, Horácio,
do que sonha a tua filosofia.
Ó doçura da vida: Agonizar a toda a hora sob a pena da morte,
em vez de morrer de um só golpe.
Se fiz alguma coisa boa em toda a minha vida, dela me arrependo do fundo do coração.
A gratidão é o único tesouro dos humildes. As idéias das pessoas são pedaços da sua felicidade. A alegria evita mil males e prolonga a vida.
O casamento faz de duas pessoas uma só, difícil é determinar qual será. A mágoa altera as estações e as horas de repouso, fazendo da noite dia e do dia noite. Os homens deviam ser o que parecem ou, pelo menos, não parecerem o que não são.
A vida é uma simples sombra que passa (...); é uma história contada por um idiota, cheia de ruído e de furor e que nada significa. O que é que há, pois, num nome? Aquilo a que chamamos rosa, mesmo com outro nome,
cheiraria igualmente bem.
Combater e morrer, é pela morte derrotar a morte,
mas temer e morrer é fazer-lhe homenagem com um sopro servil.

 

Deixe seu Recadinho Receba Nossas Atualizações Entre em Contato Envie esta Mensagem

 

 

Pesquisa personalizada

 
análise web site

Volta Home

 

Desde 21/12/2001
vc é o visitante número

Créditos

As imagens utilizadas neste site que não menciono a
autoria são retiradas da net ou de grupo de trocas
sem informações de restrições ao uso.
Caso a publicação seja proibida, por favor entrar
em contato. CLIQUE AQUI

Arte e Design: by Silvia Lapa.
Imagem: William Shakespeare
A Tempestade: Ilustração de Rui de Oliveira.
Tutorial: Denise Worisch.


Copyright ©Formatado e Editado por
Silvia Leme Lapa
Proprietária deste site.
Todos os direitos reservados.

 

 

 
contador de visistas gratis

 

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site