Mãe, um dia


Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o nada e abriu o espaço...

Um dia, o Amor estendeu as mãos
para o homem e abriu-se o encontro...

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi...

Mãe, o céu sem confins revela-me teu amor...
A vastidão do mar fala-me da tua bondade...
As altas montanhas refletem teu heroísmo...
A profundeza dos vales espelha tua humildade...
A beleza das flores traduz teu caminho...

Tudo isso encerras dentro de teu grande coração...
E silenciosa, serena, sorrindo,
continuas labutando no cotidiano da vida.

Um dia, o Amor se tornou
vida de tua vida e eu existi.

Obrigado, Mãe!

Autor Desconhecido
 

Deixe seu Recadinho Receba Nossas Atualizações Entre em Contato Envie esta Mensagem

 

 

Pesquisa personalizada

 
análise web site

Volta Home

 

 


Desde 21/12/2001
vc é o visitante número
 

Créditos

Arte e Design: by Silvia Lapa.
Imagem: acervo particular. Proibida cópia ou
vinculação sem autorização.
Tube: Juliana Lapa
Tutorial: Denise Worisch

Formatado e Editado por
Silvia Leme Lapa
Proprietária deste site
Todos os direitos reservados©

 

 

 

 

 
contador de visistas gratis

 

contador, formmail cgi, recursos de e-mail gratis para web site